Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

PAUL SAMUELSON E A CRISE 2008

Acredito que todos os economistas atuais leram Samuelson. Diante disso não poderia deixar de publicar um artigo do mesmo que está no El País de hoje. Boa leitura com o Grande Mestre.Adiós al capitalismo de Friedman y Hayek PAUL A. SAMUELSON 26/10/2008 El capitalismo puro se impuso entre 1915 y 1919, cuando yo era niño. ¿Quién lo mató? El presidente republicano Herbert Hoover y su multimillonario secretario del Tesoro Andrew Mellon fueron culpables antes y después del hecho. ¿Quién lo devolvió a la vida? El New Deal de posición intermedia impuesto por Franklin Roosevelt. Pero tuvieron que pasar siete años desde la investidura de Roosevelt, en marzo de 1933, para conseguirlo. Permítanme avanzar rápidamente en el tiempo hasta el actual estallido financiero mundial. Los sistemas de mercado no regulados acaban destruyéndose a sí mismos. ¿Ha llegado el sistema de mercado a su fin? Como persona apegada a los valores tradicionales, espero que no. Mil años de historia económica atestiguan obje…

ELEIÇÕES 2008 - RESULTADOS

Para os meus quase dois leitores, conforme combinado, abaixo registro o resultado das minhas previsões políticas:Em seis das nossas capitais mais importantes, registramos anteriormente que os resultados seriam os seguintes: São Paulo: GILBERTO KASSAB, para redução do Estado, digo, dos Petralhas. Por José Serra. E pela falta de ética da "relaxa e goza". CONFIRMADO. Rio de Janeiro: FERNANDO GABEIRA, por ser um senhor com jovens ideías. NÃO, por muito pouco. Belo Horizonte: LEONARDO QUINTÃO, para colocar Aécio no seu lugar. NÃO. Belém: DUCIOMAR COSTA, pela administração que faz. CONFIRMADO. Salvador: JOÃO HENRIQUE, evitando uma vitória do PT. CONFIRMADO. Porto Alegre: JOSÉ FOGAÇA, pela experiência. E por evitar um retorno do PT. CONFIRMADO. Um placar de acerto de 4 x 2, PRINCIPALMENTE com o resultado de São Paulo, estou satisfeito e acredito que a partir de agora começa (internamente) a corrida presidencial de 2010 e o início do fim do atual governo.

BARACK OBAMA FOR PRESIDENT - NYT

Que coisa boa quando vemos transparência nos processos políticos. Hoje, em longo editorial, o jornal The New York Times, manifestou seu apoio ao democrata Senador Barack Obama. Segundo o texto, "This country needs sensible leadership, compassionate leadership, honest leadership and strong leadrship. Barack Obama has shown that he has all of those qualities". Gostei mais da trecho que cita parte de um discurso do Obama em Denver: "Government cannot solve all our problems, but what it should do is that which we cannot do for ourselves: protect us from harm and provide every child a decent education; keep our water clean and our touys safe; invest in new schools and new roads and science and technology." E para fechar com o assunto do momento, o jornal cita que "Since the financial crises, he has correctly identified the abject failure of government regulation that has brought the markets to the brink of collapse."

PAUL KRUGMAN - DE NOVO

De Sérgio Augusto, no ESTADÃO, sobre a escolha de Paul Krugman para o Nobel de Economia:"Sua vitória foi também uma vitória do liberalismo, do jornalismo crítico, de tudo aquilo que a candidatura de Barack Obama representa, e, por extensão, um triunfo do New York Times, que acreditou no taco do professor de economia e relações internacionais da Universidade de Princenton, o mais lido e respeitado crítico da era Bush."Pela primeira vez, estou participando das críticas e aplausos a um ganhador de Nobel do qual eu posso dizer que, nas segundas e sextas-feiras faz companhia a este aprendiz de Economia, quando da leitura de sua coluna no Times.

CAPITALISMO POR MARIO VARGAS LLOSA

Gostei demais de ler no ESTADÃO um recente artigo do Mario Vargas Llosa, do qual destaco abaixo trechos pelos quais assino embaixo e confirma outros posts que publiquei sobre este assunto: "Evidentemente, o sistema capitalista NÃO desaparecerá, porque, embora doa aos nostálgicos das economias estatizadas com seu inevitável corolário - a ditadura totalitária - NÃO existe nenhuma alternativa para substituí-lo. Adam Smith, o grande teórico do capitalismo e da livre economia, comparou a empresa privada a uma locomotiva. Assim como está, colocada sobre bons trilhos e orientada na direção certa, assegurava aos viajantes uma viagem confortável e a chegada ao seu destino. Nesses últimos anos o capitalismo saiu dos trilhos e mudou de direção de maneira arbitrária, e agora todos estamos pagando os estragos deste descontrole que não soubemos frear a tempo. Por que isso aconteceu? Porque - esta é outra afirmação constante de Adam Smith - o capitalismo só funciona se a legalidade que o regula…

CRISE FINANCEIRA - PRAZO?

Agora, que até o Nosso Guia reconheçeu que a crise chegou ao Brasil, minha preocupação continua a mesma. A economia mundial, altamente globalizada, está em um momento de crise. No entanto, não por uma questão pessoal de otimismo, mas por saber que estas crises são próprias do sistema, tenho certeza que o mercado será recuperado, nem que tenha sido com a ajuda dos governos, como estamos vendo nos mais diversos países. Isso não quer dizer que o capitalismo acabou, que as medidas neoliberais foram errôneas ou que não deva mais existir o livre mercado e sim, uma estatização na economia. O estudo da teoria econômica levará, mesmo que demore um pouco mais, que tenhamos uma recessão, que estas transferências trilionárias de dólares realizadas diariamente continuem criando bolhas, em um determinado momento, a um novo ponto de equilíbrio será encontrado e a crise será um fato passado. Como foi a de 1929, tão bem estudada pelo Ben Bernanke. Até chegar a esse momento, vamos torcer para que o gov…

ECONOMIA PARA TODAS AS CORRENTES

Por mais que, principalmente no nosso caso, cada Economista tenha a sua corrente de pensamento, gosto de conhecer e ler os diversos artigos dos bons Economistas que procuram, à sua maneira, explicar o que está acontecendo. Mesmo que não concorde com tudo que está escrito. LUIZ CARLOS BRESSER-PEREIRA - A volta da política Para coordenar as sociedades do capitalismo é necessário um Estado cada vez mais capaz e mais democrático. Em meio à crise financeira global, o presidente Lula, ao receber em Toledo o prêmio Dom Quixote, declarou que este é o momento da "volta da política e do Estado". Tem razão o presidente. Depois de 30 anos de irracionalidade neoliberal ou ultraliberal, os homens voltam a se dar conta de que a política é a expressão da liberdade humana, e o Estado, a projeção racional dessa liberdade. Durante 30 anos, uma classe de profissionais das finanças aliou-se a acionistas capitalistas e à classe média conservadora e, empunhando a bandeira do Estado mínimo e da…

NOBEL 2008 - PAUL KRUGMAM

Avinash Dixit – 17 October 2008 University Professor of Economics at Princeton University and President of the American Economic Association (2008) Why Krugman got the Nobel Prize: Economics, not polemics Krugman the columnist offers strong views, attracting adulation and hatred. His newspaper-reading fans delight in his Nobel Prize; his foes are shocked and dismayed. Both are mistaken. His prize has nothing to do with his popular writing. Here one of the world’s most influential theorists explains that the prize celebrates Krugman’s achievements in science, not in the policy arena. This column clarifies exactly what those achievements are. I concluded my appreciation of Paul Krugman’s research on the occasion of his winning the Clark Medal by saying: “I am sure the Clark Medal is but one milestone of many to come in his career.” Now I can write this short article of continued appreciation on the occasion of his winning the Nobel Prize with the confidence and delight of a man whose f…

ECONOMIA - KEYNES VIVE EM 2008 ???

E já que o assunto é o retorno de KEYNES, vide abaixo excelente artigo de ED CROOKS, Editor no jornal "FINANCIAL TIMES", publicado neste domingo pela FOLHA e observem como a inteligência de um grande homem pode continuar mudando o mundo. Continuo afirmando que a atual "crise" é financeira e não não uma "crise do capitalismo". O livre mercado ainda é a melhor solução, cabendo ao governo fazer corretamente o mínimo que deve ser feito. Falhas de controle existem no sistema e devem ser corrigidas, assim como fazemos em nossas empresas. Porém, algumas pretendem ir ao infinito e aí, nem DEUS vai perder seu tempo ajudando. Porém, anotem, em breve (meses/dois anos?), tudo retornará ao ponto normal. Quem viver, verá."Chegamos a um ponto crítico", escreveu John Maynard Keynes em março de 1933. "Podemos divisar claramente o abismo ao qual nosso caminho atual nos conduz." Sem ação dos governos, "devemos esperar a progressiva dissolução da est…

TEM BLOG NOVO DE ECONOMIA NA PRAÇA

Leio hoje na FOLHA a seguinte notícia:Em meio a uma das maiores crises globais, o jornalista Vinicius Torres Freire, colunista da Folha, estréia hoje blog sobre economia. O endereço é blogdovinicius.folha.blog.uol.com.br. O blog do Vinicius é uma extensão da coluna diária publicada no caderno Dinheiro. Segundo definição do próprio jornalista, a página na internet vai abordar "a política da economia e negócios da política", publicar análises sobre notícias econômicas da hora, reunir artigos sobre economia e política da economia, sugerir livros da área, comentar "mentiras, mentiras malditas e estatísticas econômicas". Nos finais de semana, o blog vai tratar de cozinha e comida. Na Folha desde 1991, Vinicius Torres Freire foi secretário de Redação do jornal, editor de Dinheiro, editor de Opinião, correspondente em Paris, editor de Ciência e editor de Educação.Para o novo colega, muito sucesso no seu blog, o que já tinhas na sua coluna.

IMPRENSA - ELEIÇÕES 2008

Como é interessante e transparente o que ocorre nos Estados Unidos quando diversos jornais registram em editoriais seu apoio a um determinado candidato. Nos últimos dias vemos o Los Angeles Times, o quarto maior jornal do país, e o TheChicago Tribune, manifestarem apoio a BARACK OBAMA. Hoje, o The Washington Post fez a mesma coisa. Como nossa imprensa poderia "copiar" essa situação e termos esse tipo de transparência jornalística também aqui por este lado sul da América.

JOHN MAYNARD KEYNES EM 2008

Tenho três e-mails: o meu corporativo, o jmelo@uol.com.br e o johnkeynesce@hotmail.com. Aqui e ali tenho que explicar como um ferrenho defensor do livre mercado tem em um dos seus e-mails, o nome de Keynes. É fácil explicar: Estudante de Economia na Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo, a mais antiga na área no Brasil, reconheço que fiquei encantado com as idéias keynesianas. E, para homenagear um dos maiores economistas do século XX, registrei meu e-mail com seu nome. Como tudo na vida, nem 8 nem 80. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Keynes é brilhante e suas idéias revolucionaram muitos e durante muito tempo. Um dos pais da teoria macroeconômica, foi um homem à frente de seu tempo. De qualquer maneira, como dizia Francis Bacon "Triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar". Com o passar do tempo, sempre ele, o Senhor da Razão, fui conhecendo e entendendo outras ideias e buscando sempre aquela idéia que realmente fosse solução para os inúmeros …

ELEIÇÕES 2008 - PREVISÃO

Após várias noites analisando diversos exercícios econométricos, este blog conseguiu nesta data prever o resultado de algumas importantes eleições e seus vencedores. (E sem precisar consultar Mãe Diná.) Evidentemente que começamos pela principal: a dos Estados Unidos: BARACK OBAMA será o próximo presidente. Para o bem do mundo e por mudar a política de Bush. Em seis das nossas capitais mais importantes, registramos abaixo: São Paulo: GILBERTO KASSAB, para redução do Estado, digo, dos Petralhas. Por José Serra. E pela falta de ética da "relaxa e goza". Rio de Janeiro: FERNANDO GABEIRA, por ser um senhor com jovens ideías. Belo Horizonte: LEONARDO QUINTÃO, para colocar Aécio no seu lugar Belém: DUCIOMAR COSTA, pela administração que faz. Salvador: JOÃO HENRIQUE, evitando uma vitória do PT. Porto Alegre: JOSÉ FOGAÇA, pela experiência. E por evitar um retorno do PT. Vamos depois conferir e comemorar?

ECONOMIA - NOBEL 2008 - PAUL KRUGMAN

Sempre tive interesse pelos laureados com o NOBEL, principalmente os da área de ECONOMIA. E nesse acompanhamento e com o passar dos anos, vamos aos poucos vendo nomes que conhecemos de livros e artigos ganhando seus merecidos prêmios. (O tempo passando também tem suas vantagens econômicas...) Porém, neste ano de 2008, fiquei muito satisfeito com o resultado do NOBEL DE ECONOMIA para o PAUL KRUGMAN. Sou leitor semanal de seus artigos no NYT e sempre que posso também acesso seu blog. Muito além do prêmio por sua análise dos padrões de comércio e a respeito da localização da atividade econômica, Krugman é o primeiro NOBEL de alguém conhecido, como se fosse um de nossos professores, além de ser um dos críticos mais severos da administração Bush. Parabéns PAUL KRUGMAN e continue escrevendo que nós, aqui no interior da selva amazônica, continuaremos lendo.

INDICAÇÕES NO DOMINGO DO CÍRIO DE NAZARÉ

Imperdível, como quase sempre, é ler no Elio Gaspari o texto "POR QUÉ NO TE CALLAS, LULA?" Como diz o articulista, para o bem de todos. Porém, com sua inteligência e visão de político que conseguiu passar por situações bem complexas (mensalões e etc), Lula saberá onde colocar a sua assinatura. Vale também a indicação do Gaspari para a página do Professor Nouriel Roubini, que há mais de dois anos previu a atual crise econômica. A mesma está no endereço http://www.rgemonitor.com/. A coluna completa do Gaspari está no http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1210200819.htm.

IBIAPINA - BELÉM - ECONOMIA MUNDIAL

De retorno à selva amazônica depois de minha passagem pelo CEARÁ - IBIAPINA, tenho a felicidade de retornar justamente no momento da maior festa do Pará: o CÍRIO DE NAZARÉ. Do resultado eleitoral em IBIAPINA, temos meu irmão novamente reeleito Vereador. E a diferença dele (2º lugar) para o 3º, foi de UM VOTO. Claro que foi o meu, of course. Nestes dias estive mais ausente das notícias e da internet, porém, pelo que andei folheando rapidamente, existe realmente uma forte crise financeira mundial e o Brasil, como não poderia deixar de ser, não está a ela imune. Torço de verdade para que a política adotada pelo Meirelles/Mantega consiga reduzir o contágio dessa crise na economia brasileira.

WARREN BUFFETT - CAPITALISMO SEMPRE

Na EXAME que recebi sexta passada constam trechos de uma biografia do WARREN BUFFETT, já lançada nos Estados Unidos, previsto para novembro no Brasil. O artigo está, para variar, ótimo. Lições de um capitalizmo que gera riqueza. Na FOLHA leio o Gaspari comentando do moço e não posso deixar de divulgar aos meus quase dois leitores: que lição nesta época de incertezas. De certeza, apenas que o mundo é plano, como diz o Friedman. WARREN BUFFETT, o segundo homem mais rico da América (78 anos e US$ 50 bilhões), ganhou pelo menos US$ 578 milhões em dez dias com ações do banco Goldman Sachs. Há dois meses, um papel da Goldman valia US$ 179. Com a crise, ela caiu para US$ 121. Foi nessa hora que o biliardário fez seu lance, botando US$ 10 bilhões no negócio. Na sexta-feira, cada ação valia US$ 128. Esse pequeno episódio indica que ainda falta muito tempo para a crise do fim do capitalismo e, como nunca, o melhor que se pode fazer é prestar atenção no comportamento dos verdadeiros capitalista…

ELEIÇÕES 2008 - IBIAPINA (CE)

Hoje é especial: estou na minha cidade de IBIAPINA, para cumprir minha obrigação de eleitor e, principalmente, votar no meu irmão. Um voto onde tive que viajar mais de 3.000km, mas que vale pela presença e pelo encontro com conhecidos de anos. É claro que continuo bastante preocupado com a crise financeira internacional e, deixo explícito, não crise do capitalismo; como a economia brasileira se comportará, bem como, qual será o resultado da eleição americana. Porém, num interior do estado do Ceará, essas coisas não são assim tão preocupantes e a politicagem é mais forte do que a POLÍTICA. Além do que, alguma BOLSA será ofertada pelo governo para salvar eventuais prejudicados. Até meu retorno à selva amazônica. João Melo, Direto de seus 1.100 m de altitude.

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO: LIVRO

Um dos presentes que ganhei no dia do meu aniversário, 28/09, domingo passado, foi ler um post, lá no blog do Janer Cristaldo http://cristaldo.blogspot.com. Trata-se de um assunto que analiso há anos e que, lamentavelmente, não estar no centro das atenções. Afinal, assistir "A FAVORITA" agrega muito mais conhecimento a pessoa do que ler, por exemplo, Fernando Pessoa, ou não? Não é a toa que nossos indicadores de ensino são terríveis e que o aluno torna-se graduado e, sabe-se lá como, nunca leu UM livro da primeira à última página. Vocês já tentaram conversar com essa turma que está no ensino médio e analisaram o grau de conhecimento deles? Transcrevo abaixo o post do Janer, no qual, exceto alguns poucos comentários que discordo, reproduz o que eu também sinto no Brasil. Estive uma temporada em Toronto e realmente em todos os lugares que eu estava, sempre tinha uma pessoa com um livro na mão. E lendo. Do Canadá, escreve Daniel Garros:“Uma coisa que me deixa triste a…