sábado, 4 de abril de 2020

Global Times: China grieves for nation’s sacrifice in fighting COVID-19.

The Queen will make a television broadcast at 8pm on Sunday


The Queen will deliver an unprecedented televised address on Sunday night, as she speaks as monarch and mother to a nation in the grip of the growing coronavirus outbreak.
It will be the first speech to be made by a monarch at a time of national crisis since the Second World War.
Timed for what Palace aides and the Government hope will be the right moment to reassure and rally the country, it will go out to millions on television and radio at 8pm.

O Globo: Séries para maratonar na quarentena.


Fleabag

Killing Eve

Succession

Segunda chamada

Pose

Barry

Ozark

The Marvelous Mrs. Maisel

This is Us

Game of Thrones

Folha: Coronavírus deve levar o Brasil à pior década econômica da história.



O período de dez anos que se encerra em 2020 poderá registrar a maior queda da renda per capita da história republicana do país, superando até mesmo a contração dos anos 1980, que ficaram cunhados como a década perdida brasileira.
Uma contração do PIB (Produto Interno Bruto) superior a 2% neste ano —que vários analistas já consideram factível— levaria o rendimento médio da população a recuar mais do que o 0,43% amargado entre 1981 e 1990, segundo cálculos de Fernando Montero, economista-chefe da corretora Tullett Prebon.
As medidas necessárias para conter a expansão da Covid-19 já têm surtido efeito, fortemente recessivo. Isso não é exclusividade do Brasil.

El País: Quase 10 milhões de norte-americanos pediram seguro-desemprego nas últimas duas semanas.


Mais de 6,6 milhões de norte-americanos pediram seguro-desemprego na semana passada, estabelecendo pela segunda semana consecutiva um recorde histórico que deixa claro o enorme impacto no mercado de trabalho causado pelas medidas de confinamento da população adotadas para frear os contágios e conter a propagação do coronavírus. Se somarmos os dados desta semana e os da passada, publicados pelo Departamento do Trabalho, quase 10 milhões de pessoas solicitaram o benefício em 15 dias. Até agora, a pior semana havia sido em 1982, quando foram registrados 685.000 pedidos.

DW: + Coronavírus: As principais notícias sobre a pandemia 04/04/20 +



Resumo deste sábado (04/04):
  • Mundo tem 1,1 milhão de casos confirmados, mais de 60 mil mortes e 233 mil pacientes recuperados 
  • Brasil registra 9.056 casos e 359 mortes, segundo Ministério da Saúde
  • Mortes na Alemanha passam de 1.200
  • EUA têm mais de 7 mil mortos e 278 mil casos
  • Governo dos EUA passa a recomendar máscaras para quem sair às ruas

Clarín: Cuando San Martín enfrentó a la peste.

https://www.clarin.com/opinion/san-martin-enfrento-peste_0__cOlNHUmL.html

sexta-feira, 3 de abril de 2020

FMI/IMF: Save lives or save jobs, this is a false dilemma.







Some say there is a trade-off: save lives or save jobs – this is a false dilemma.

El País: ‘La Casa de Papel’, a série de quem passa muito tempo confinado.

Reuters: Dólar engata 7ª semana de ganhos, bate novo recorde acima de R$5,32 e dispara 33% em 2020.

Reuters: Possivelmente chegaremos a R$1 tri em medidas nas próximas semanas ou meses, diz Guedes.

https://br.reuters.com/article/topNews/idBRKBN21L2ZZ-OBRTP

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira que os programas para combate ao coronavírus devem chegar a 1 trilhão de reais nas próximas semanas ou meses, pontuando que o déficit primário já está em 6% do Produto Interno Bruto (PIB).
“(Programas) já passaram dos 800 bilhões, possivelmente chegarão a quase 1 trilhão de reais ao longo das próximas semanas ou meses, por isso é que nós precisamos não só dessa blindagem jurídica, mas dessa blindagem legislativa”, afirmou ele, em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

AFP: Cepal prevê 'profunda recessão' na AL com queda de 1,8% a 4% do PIB.

China to hold national day of mourning for COVID-19 victims on April 4.

https://www.globaltimes.cn/content/1184604.shtml

El País - Monica De Bolle: “Hoje, dane-se o Estado mínimo, é preciso gastar e errar pelo lado do excesso”.

https://brasil.elpais.com/economia/2020-04-01/monica-de-bolle-hoje-dane-se-o-estado-minimo-e-preciso-gastar-e-errar-pelo-lado-do-excesso.html

El País: Como enfrentar o isolamento em casa quando se tem problemas de ansiedade.

https://brasil.elpais.com/verne/2020-03-30/como-enfrentar-o-isolamento-em-casa-quando-se-tem-problemas-de-ansiedade.html

El País: Negacionistas de la catástrofe.

https://elpais.com/internacional/2020-04-02/negacionistas-de-la-catastrofe.html

DW: + As principais notícias sobre a pandemia de coronavírus (03/04) +

https://www.dw.com/pt-br/as-principais-not%C3%ADcias-sobre-a-pandemia-de-coronav%C3%ADrus-03-04/a-53002321

Reuters: BC da China corta taxa de compulsório para bancos pequenos para sustentar economia afetada por vírus.

https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN21L1I8-OBRBS

quinta-feira, 2 de abril de 2020

The Economist: Covid-19 presents stark choices between life, death and the economy.







cover-image 







As the pandemic begins to rage in the United States, our cover this week tackles the grim choices covid-19 presents between life, death and, ultimately, the economy. The virus throws up a miasma of trade-offs: should medical resources go to covid-19 patients or those suffering from other diseases? Some unemployment and bankruptcy is a price worth paying, but how much? If extreme social distancing fails to stop the disease, how long should it persist? The governor of New York, Andrew Cuomo, has declared: “We’re not going to put a dollar figure on human life.” It was a rallying-cry from a courageous man whose state is overwhelmed. But although it sounds hard-hearted, a dollar figure on life, or at least some way of thinking systematically, is precisely what leaders will need if they are to see their way through the harrowing months to come.

To read these stories visit economist.com/coronavirus, which features all of our coverage of the virus and its consequences. And look out for a special edition of this newsletter on Saturday.




Zanny Minton Beddoes, Editor-In-Chief





Reuters: Fitch prevê profunda recessão global em 2020 em meio a escalada da crise do coronavírus.

https://br.reuters.com/article/topNews/idBRKBN21K2CT-OBRTP

AFP: Pedidos de seguro-desemprego batem novo recorde nos EUA

El País: Alain Touraine - “Choque econômico do coronavírus pode produzir reações fascistas”.

https://brasil.elpais.com/ideas/2020-03-31/alain-touraine-choque-economico-do-coronavirus-pode-produzir-reacoes-fascistas.html

DW: Brasil ruma para "tempestade perfeita" em meio a pandemia.

https://www.dw.com/pt-br/brasil-ruma-para-tempestade-perfeita-em-meio-a-pandemia/a-52986500

quarta-feira, 1 de abril de 2020

La Nacion/NYT: Coronavirus - por qué las nuevas restricciones en Asia deberían preocuparnos.

https://www.lanacion.com.ar/el-mundo/coronavirus-que-nuevas-restricciones-asia-deberian-preocuparnos-nid2349702

Reuters: Dólar começa abril em novo recorde acima de R$5,26; dispara 31% em 2020.

https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN21J6RO-OBRBS

Reuters: Abril começa sem trégua na aversão a risco e Ibovespa fecha em queda.

https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN21J6T5-OBRBS

Valor: Tesouro Direto chacoalhou, 'saiu do ar' e fechou março com perdas.

https://valorinveste.globo.com/produtos/renda-fixa/tesouro-direto/noticia/2020/04/01/tesouro-direto-chacolhou-saiu-do-ar-e-fechou-marco-com-perdas.ghtml

Reuters: Infecções por Covid-19 crescem exponencialmente, mortes perto de 50 mil.

https://br.reuters.com/article/worldNews/idBRKBN21J6L5-OBRWD

AP: A battlefield behind your home - Deaths mount in New York.

https://apnews.com/57ed90189a682fff96b25e7e1805facf

Bibliotecas del mundo: imágenes, vídeos, historia, curiosidades…

The recovery from the COVID-19 crisis must lead to a different economy.

domingo, 29 de março de 2020

Luigi Zingales e a crise da Covid-19.

Zingales afirma que a crise de covid-19 exige uma resposta dos governos à altura de um esforço de guerra e que deveriam fazer todo possível para manter o maior número possível de seus cidadãos em casa. O economista italiano defende a criação de uma renda emergencial universal, condicionada ao cumprimento do confinamento por semanas. O dinheiro viria da taxação de riquezas, uma pauta historicamente ligada à esquerda no Brasil, e da impressão de moeda, com o cuidado de manter a inflação sob controle. Autor de Saving Capitalism from the Capitalists (2003; Salvando o Capitalismo dos Capitalistas, em tradução livre) e A Capitalism for the People: Recapturing the Lost Genius of America... 

Gustavo Franco: O Corona e a economia.


Esta crise reúne as piores características de todas as anteriores: a insegurança que veio com o 09-11, a ansiedade com o HIV, o impacto econômico sistêmico de 2008, tudo isso junto com a turbulência financeira, que foi a tônica das crises dos anos 1990. Mas há singularidade.
Esta crise não nos traz um problema cambial, o que não quer dizer que não vai ter agitação nesse mercado, sempre tem, e pode ser que tenha mais, mas o câmbio não é um tema importante dessa vez.
A inflação está prostrada numa mínima histórica e, com isso, o país entra na crise com os juros a 3,75%, o que muda todo o protocolo, sobretudo numa crise na qual o crédito é o primeiro problema a enfrentar. Ainda bem que fizemos o dever de casa no passado, contrariamente à opinião da medicina econômica alternativa.
Pois bem, o custo do endividamento, público e privado, vai ser muito menor do que em qualquer outro episódio de estresse financeiro do passado. Mas é preciso que a liquidez chegue a quem precisa, trabalho para o BC monitorar os bancos, sobretudo os analógicos (os digitais nunca passaram por isso, e poderão ajudar muito, pois sua “agência” é o seu celular, onde não tem aglomeração).

sábado, 28 de março de 2020

DW: Os efeitos do coronavírus sobre o mercado de trabalho.

El País: O mundo real morreu, viva o mundo real.

https://brasil.elpais.com/sociedade/2020-03-27/o-mundo-real-morreu-viva-o-mundo-real.html

G1: Cidades dos EUA que usaram isolamento social contra gripe espanhola tiveram recuperação econômica mais rápida, diz estudo.


Cidades dos EUA que usaram isolamento social contra gripe espanhola tiveram recuperação econômica mais rápida, diz estudo. A pesquisa publicada na última quinta-feira (26/03) é assinada pelos economistas Sergio Correa, do Banco Central americano, Stephan Luck, do Banco Central de Nova York, e Emil Verner, do Instituo de Tecnologia de Massachusetts.


Valor: Desemprego vai explodir no Brasil com coronavírus.

https://valorinveste.globo.com/mercados/brasil-e-politica/noticia/2020/03/27/desemprego-vai-explodir-no-brasil-com-coronavirus-a-duvida-e-o-tamanho-da-bomba.ghtml

Global Times: China grieves for nation’s sacrifice in fighting COVID-19.

https://www.globaltimes.cn/content/1184661.shtml