Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

31/12/2009 - O FIM DE UMA DÉCADA!

Em sua última coluna de 2009 no NYT, com o título THE BIG ZERO, o Nobel PAUL KRUGMAN, escreve, com PESSIMISMO, que do ponto de vista econômico sua sugestão é que chamássemos a década passada de o Grande Zero. Segundo ele, foi uma década em que nada de bom aconteceu e nenhuma das coisas otimistas nas quais supostamente deveríamos acreditar se concretizaram. E concluindo seu artigo: So let’s bid a not at all fond farewell to the Big Zero — the decade in which we achieved nothing and learned nothing. Will the next decade be better? Stay tuned. Oh, and happy New Year.Diante disso e com OTIMISMO, que 2010 e seus sucessores nos tragam sempre boas novas...

DICTA&CONTRADICTA - A REVISTA DO ANO

Concordando com o meu colega LUCAS MENDES - http://austriaco.blogspot.com/, que não é o jornalista, a revista DICTA&CONTRADICTA é uma das melhores leituras que fizemos em 2009 e esperamos continuar em 2010. Além da nossa PIAUÍ, of course.

2009 - O HOMEM DO ANO?

Goste-se ou não do Presidente Lula, é dever reconhecer sua habilidade em tornar-se o mais popular Presidente da história deste país. Como a EXAME registrou em sua edição de final de ano, sua importância histórica como líder é inegável. E como sempre a ECONOMIA é o coração de tudo, ao garantir a estabilidade da moeda brasileira, a autonomia relativa do Banco Central e a permanência de seu presidente, o ortodoxo Henrique Meirelles, LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, mesmo com as suas “populares frases”, conseguiu sair-se bem da turbulência financeira que agitou/agita ainda o mundo e foi eleito em diversas ocasiões, O HOMEM DO ANO.

NÓS E ELES - 2009

Enquanto por aqui 2009 foi um bom ano, em certo país mais poderoso do mundo...

O DÓLAR EM 2009

Direto da redação da ÉPOCA, uma das principais notícias de 31/12/2009, e que será muito acompanhada em 2010: Com a intervenção da unidade monetária no câmbio, com um leilão para compra de dólares com taxa de corte de R$ 1,7424 e a postura cautelosa do mercado no ultimo dia de negócios do ano, o dólar fechou estável ontem, 30/12, marcando R$ 1,741 para compra e R$ 1,743 para venda. Com o resultado, a queda do dólar em dezembro foi de 0,63%. De acordo com reportagem do Valor, no ano, a moeda americana apresentou desvalorização de 25,32%, invertendo a alta de 31,34% registrada no ano passado. Segundo estudo da consultoria Economatica, baseado na cotação de ontem, a desvalorização nominal do dólar neste ano é a maior da história, superando as perdas de 18,23% verificadas em 2003.

2009 - 2010: A DIFERENÇA

Diretamente de FORTALEZA-CE, do nosso DIÁRIO DO NORDESTE, o genial SINFRÔNIO nos apresenta o antigo 2009 e o novo 2010. E que venha 2010...

OS NOMES QUE FIZERAM 2009

Sempre gostei de recordar dos principais assuntos que estiveram nas manchetes ao longo do ano que passou. É claro que cada “relação” tem o gosto ou o interesse de quem escreve. Por isso, os principais fatos, por exemplo, citados na TIME, não são os mesmos da VEJA. De qualquer maneira, lendo diversas “listas de 2009”, considerei a abaixo, da FOLHA DE S. PAULO, bastante completa do que realmente vivemos. Para a nossa recordação, nada como relembrar 2009 nos nomes de: LULA - Chamado de "o cara" por Obama e eleito personagem do ano pelo espanhol"El País",o petista participou de discussões internacionais sobre o clima,a fome,a crise econômica e foi associado à escolha do Rio para sediar os Jogos de 2016. Internamente, foi alvo de polêmica pelo filme "Lula, o Filho do Brasil", tachado de oportunista, e por ter se empenhado em manter José Sarney na presidência do Senado. Terminou o ano com 72% de aprovação, segundo o Datafolha, um recorde de popularidade.OBAMA -…

BLOG 2010 - FELIZ ANO NOVO

Para um blog que teve início nas férias de 2008 com o objetivo de ser uma espécie de espaço econômico para divulgação das nossas idéias e de colegas com os quais mantemos semelhanças de pensamento, bem como de outros com os quais divergimos no entendimento econômico e político do que fazer para melhorar o nosso BRASIL, encerramos, neste 31/12/2009, com mais de 500 postagens e quase 1.000 leituras do nosso perfil. Através deste espaço conhecemos brilhantes colegas e compartilhamos leituras de assuntos que, talvez, por outros meios, deles não teríamos tomado conhecimento. Mesmo com o pouco tempo que dispomos para postar neste espaço ou acessar o blog de outro colega, manter este blog tornou-se uma atividade prazerosa e, quando, por motivos alheios à nossa vontade, deixamos temporariamente o espaço “fora do ar”, essa situação já exige que busquemos alternativas para mantê-lo sempre atualizado e com matérias que sempre sejam úteis aos meus quase dois (milhões de...) fiéis leitores. Afinal…

UM GOVERNO SÉRIO EM 2010 - ECONOMIA

Agora, diretamente da FOLHA DE S.PAULO, um artigo SÉRIO sobre 2010, do nosso colega PAULO RABELLO DE CASTRO, doutor em economia pela Universidade de Chicago, vice-presidente do Instituto Atlântico e chairman da SR Rating, classificadora de riscos. Preside a RC Consultores, consultoria econômica e o Conselho de Planejamento Estratégico da Fecomercio SP.Encerro nossas conversas deste ano reproduzindo o apelo da Kamila Umbelino Paiva, estudante do 2º ano do Colégio QI, no Rio de Janeiro, ao concluir sua redação sobre "Uma nova forma de governo", dedicada ao futuro presidente (ele ou ela), e publicada no jornalzinho do Instituto Rogério Steinberg, entidade beneficente: "A verdade é esta", diz Kamila, "o Brasil precisa de um governo que funcione". Mais direto, impossível.Kamila é muito nova para lembrar que padecemos de males detectados há mais tempo do que ela tem de vida. Mas a garota intui, como milhões de outros jovens, quanto será difícil competir e vence…

EM 2009 SOMENTE DEU LULA

Nunca antes neste blog postei um texto do culto RUY CASTRO, sempre na FOLHA DE S. PAULO. Porém, final de ano, nada melhor do que ler com humor algo que nos faça sorrir para o que vem em 2010. Com vocês, SÓ FALTA O MOTO RÁDIO...Grande ano, 2009, para o presidente Lula. Só não se pode dizer que melhor, impossível, porque, quando se trata de Lula, nada é impossível. Com seus poderes e uma estrela que vou te contar, ele deverá prolongar 2009 até a Copa do Mundo ou tornar 2010 ainda melhor para ele.O jornal francês "Le Monde" elegeu-o "o homem do ano".O espanhol "El País", "a personalidade" idem. O inglês "Financial Times", um dos 50 da década. Antes disso, Barack Obama disse que ele era "o seu cara", o que o Brasil entendeu como se ele fosse "o cara". E o que dizer dos 72% de aprovação popular no sétimo ano de governo? Quando, normalmente, os mandatos presidenciais já começam a azedar, o de Lula está mais fresco e perfu…

ENFIM, UM ARTIGO SEM PREVISÕES PARA 2010

Neste último dia de 2009, final de uma década, o colega PAULO NOGUEIRA BATISTA JR. brinda seus leitores na FOLHA DE S. PAULO com um interessante artigo sobre nomes. Boa leitura para vocês.LEITOR, LEITORA, esta época do ano é verdadeiramente tenebrosa para os colunistas de jornal. Não há assunto que se apresente. É um deserto de temas e ideias. O jeito é apelar. Abundam balanços de fim de ano e perspectivas para o ano novo. Cada um aproveita para reciclar, sem muita convicção, as suas teses e bordões favoritos. Se eu fizesse um artigo desse tipo, poderia falar do câmbio valorizado em 2009 e dos riscos do desequilíbrio externo em 2010. Ou, ainda, dos juros elevados. Ou, melhor ainda, poderia dar mais um teco na turma da bufunfa. Os bufunfeiros -mais os internacionais do que os locais- bem que andam merecendo algumas descomposturas adicionais. Mas, não. Vou tentar inovar um pouco. Acontece que tenho um tema guardado há muito tempo na algibeira. É o seguinte. Há mais de dez anos, visitei …

IMPORTANTE ARTIGO PARA REFLEXÃO

Este artigo foi publicado na revista EXAME, com o título ECONOMIA SOCIAL - Os economistas podem melhorar a condição humana? Seu autor é o economista britânico Paul Ormerod, autor do livro A MORTE DA ECONOMIA. Inicialmente eu pensei em divulgar apenas alguns trechos. No entanto, avaliando melhor, entendo que o mesmo deva ser lido por todos os colegas ou admiradores/críticos da nossa ECONOMIA. Portanto, uma boa leitura. Afinal, ler é um ótimo remédio, principalmente no recesso de final de ano. A matemática está se tornando cada vez mais difundida na economia. Para que fique registrado: na hora certa, entre adultos e de comum acordo, eu também uso matemática. Há boas e más razões para empregá-la a serviço da economia. Só que até agora as más prevaleceram. Isso não teria muita importância se os formuladores de políticas não levassem a economia tão a sério. Quase nenhum deles liga para loucuras da teoria literária, por exemplo. Mas a economia tem importância e, nas fronteiras da disciplina,…

2010 SEGUNDO NAKANO

Com o título “2010”,YOSHIAKI NAKANO, diretor da nossa Escola de Economia de São Paulo, da FGV, escreve hoje na FOLHA DE S. PAULO. Conforme já postei anteriormente, tenho prazer em divulgar aos meus quase dois (milhões de) leitores, o texto inteiro, ao invés de fazer o link, apesar das reclamações de alguns que somente gostam de ler o título do texto... O ano de 2010 deverá ficar na história econômica mundial como início de uma nova era ou do verdadeiro início do século 21.A grande crise do sistema financeiro norte-americano de 2007-2009 marcará o fim de um longo ciclo de expansão econômica mundial marcada pela hegemonia absoluta dos EUA e pela globalização financeira.Essa crise já trouxe mudanças profundas tanto na configuração política como na economia global. É verdade que mudanças estão ainda em gestação, mas algumas tendências são visíveis, de forma que podemos fazer pelo menos duas conjecturas do quadro global a partir de 2010.Em primeiro lugar, a mudança na governança global é v…

2009 - MEMÓRIA PAUL SAMUELSON

Está em todas as revistas, sites e jornais que relembram 2009, como não deveria deixar de ser, o registro da morte de PAUL SAMUELSON, 94 anos. Sobre ele, escreveu LAWRENCE SUMMERS, diretor do Conselho Nacional de Economia da Casa Branca: "ELE TEVE MAIS IMPACTO NA VIDA ECONÔMICA DOS ESTADOS UNIDOS, E DO MUNDO, DO QUE MUITOS PRESIDENTES."

ESTAMOS CHEGANDO AO FINAL DO ANO!

Nestes últimos dias de 2009, na verdade estamos deixando para o passado a primeira década do século XXI e não apenas mais UM ANO. E que década... Como esquecer de 11/09/2001? E da crise econômica de 2008? O importante é saber chegar ao fim de uma década, ao final de um ano, relembrando que fomos parte consciente dela. Acabo de receber as últimas edições da VEJA, ÉPOCA e EXAME. Com todo o respeito à revista ÉPOCA, a VEJA desta semana está excepcional. Quanto à EXAME, de um excelente artigo do colega britânico PAUL ORMEROD, destaco a frase de FREDERICK AUGUST VON HAYEK:UM ECONOMISTA QUE É APENAS UM ECONOMISTA NÃO PODE SER UM BOM ECONOMISTA”.Depois, com calma, voltarei a falar desse artigo que citei.

SALÁRIO MÍNIMO EM 2010

Em época de novo salário mínimo, fiquemos com a imagem do Papai Noel cearense, direto do jornal O POVO. Que em 2010 todo brasileiro possa ter pelo menos o mínimo...

2009 - O ANO DE LULA

Depois do jornal espanhol EL PAÍS, o francês LE MONDE: Pela primeira vez na história, o "Le Monde" decidiu eleger a personalidade do ano. A "sua" personalidade do ano. O exercício poderia parecer arriscado ou desonroso. Quem escolher? Segundo quais critérios? Em nome de que valores? Como se diferenciar dos grandes e prestigiosos colegas estrangeiros, como a revista americana "Time", que há muito tempo nos antecedeu nesse caminho ao eleger sua "pessoa do ano"?Nossas discussões trouxeram à luz aquilo que nos reúne sob a bandeira do "Monde". Uma vez que, há 65 anos, o título do nosso jornal é um convite ao olhar planetário, escolhemos uma personalidade cuja ação e a notoriedade tomaram uma dimensão internacional. Preocupados em evitar as escolhas obrigatórias que poderiam ter nos levado ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama (mais o homem de 2008 do que o de 2009), nós também descartamos personalidades "negativas", muito…

ATA DO COPOM

Recebi do Professor Carlos Pio, o editorial do Estadão sobre “o viés político das Ata do COPOM."A interpretação mais audaciosa sobre a Ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) foi do diretor da Global Financial Advisor, Miguel Daoud, que, ao ler o documento, concluiu que o Banco Central (BC) introduziu nele um viés político.Na sua opinião, o BC fotografou o cenário atual e passou a foto por meio da Ata. Na realidade, isso já se vinha percebendo em atas anteriores, chegando à máxima clareza no presente documento, especialmente no que diz respeito à expansão monetária e, mais ainda, ao déficit das contas públicas. A impressão foi reforçada pela declaração do presidente do BC, Henrique Meirelles, quando transformou o que o Copom considera uma hipótese de trabalho em certeza: de cumprimento das metas fiscais e de inflação em 2010. A Ata considera que existem apenas dois riscos: o comportamento dos preços dos serviços e a elevação dos das commodities. Não vê nenhum proble…

SECOND BRAZILIAN WORKSHOP OF THE GAME THEORY SOCIETY

Em 2010 um evento em SÃO PAULO reúne a excelência da Economia de quatro Prêmios Nobel. Vamos agendar? It is a great pleasure to invite you to participate in the SECOND BRAZILIAN WORKSHOP OF THE GAME THEORY SOCIETY. It will be held at the University of São Paulo, from July 29 to August 4, 2010. The event will honor JOHN NASH, on the occasion of the 60th anniversary of Nash equilibrium.INVITED SPEAKERS:John Nash (Nobel Prize in Economics of 1994);Robert Aumann (Nobel Prize in Economics of 2005);Roger Myerson (Nobel Prize in Economics of 2007);Eric Maskin (Nobel Prize in Economics of 2007).

DEZEMBRO E O CAEN

Dezembro é um mês muito complicado, porém fascinante. Tenho a experiência de vários dezembros na minha vida, mas este de 2009 está realmente diferente. É como se todo o ano tivesse que ser solucionado em um único mês. Estou realmente precisando que o dia tenha 36 horas, no mínimo. Por isso não estarei presente em FORTALEZA na solenidade de entrega do PRÊMIO SEFIN DE FINANÇAS MUNICIPAIS - 3ª Edição, para a aluna do Curso de Mestrado Profissional em Economia do Setor Público do CAEN/UFC, HELOÍSA HELENA MAIA DE MENDONÇA, que obteve o 3º lugar na categoria Monografia - Profissional, com o trabalho intitulado: "A Lei de Responsabilidade Fiscal e os Deteminantes que Influenciam seu Cumprimento: Uma Investigação à Partir dos Municípios Cearenses", sob a orientação do Prof. Dr. Flávio Ataliba Flexa Daltro Barreto.

O PIB BRASILEIRO 2008/2009/2010

Na FOLHA DE S. PAULO, o colega LUIZ CARLOS MENDONÇA DE BARROS esclarece como entender os números do PIB.O IBGE divulgou na semana passada os números do PIB (Produto Interno Bruto) no terceiro trimestre deste ano. Houve certa frustração na medida em que o crescimento ficou bem abaixo das projeções. Mas é preciso entender a razão pela qual isso ocorreu.Usualmente o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga em dezembro uma reavaliação do PIB do ano anterior. Com informações mais precisas sobre a atividade econômica, ele pode melhorar a qualidade dos números divulgados um ano antes. E essa revisão dos números de 2008 mostra que o tamanho de nossa economia era -antes do colapso do banco Lehman Brothers- maior do que o divulgado anteriormente. Mas o valor monetário da atividade econômica no período julho a setembro deste ano -e estimado agora pelo IBGE- não foi menor do que esperavam os analistas.Ou seja, a parcela do PIB que cabe a cada brasileiro -respeitada a matriz …