domingo, 23 de março de 2008

NÃO APRENDEMOS COM A HISTÓRIA

Neste final de semana santa de feriadão chegou ao meu acesso dois recentes textos diversos, mas que falam do passado e do presente. Robert Fisk, do The Independent, critica os cinco anos de guerra no Iraque e fazendo um histórico de fatos militares, conclui que "É nossa presença, nosso poder, nossa arrogância, nossa recusa em aprender com a história e nosso terror sim, terror contra o Islã, que nos estão conduzindo ao abismo". Paul Krugman, do The New York Times, demonstra que a crise americana atual é muito parecida com a de 1929 e que o FED/Bernanke deveria rever as liçoes da Grande Depressão e manter o sistema financeiro sob controle. Os artigos são ótimos, merecem sua leitura na íntegra e, realmente, como acontece na Economia, na História os ciclos também se repetem e os homens nada mudam.

2 comentários:

Erik Figueiredo disse...

Penso diferente do Paul Krugman. Deixe o mercado equilibrar-se, nada de intervenções.
Abraços, João.

Pedreliano disse...

Kafkiano, porém contemporâneo!! Brilhante, é compreensível e singular!!