segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Ceará 2018: cenário para as eleições ao governo do Estado.

O cenário das eleições para o governo do Ceará no ano que vem indica uma certeza: o petista Camilo Santana tentará a reeleição.

A lista de seus adversários está em aberto.

Eunício Oliveira (PMDB), presidente do Senado, cujo mandato na Casa vencerá no ano que vem, não decidiu se buscará continuar no Congresso ou se cavará uma aliança com o PSDB para enfrentar Camilo nas urnas. Isso se os tucanos não quiserem lançar candidato próprio -- a situação de Tasso Jereissati no estado já foi pior (o atual mandato do senador só terminará em 2022).

Cid Gomes (PDT), irmão do presidenciável Ciro Gomes, também é uma possibilidade ao governo. Se ele mirar o Senado, no entanto, há chances de o prefeito reeleito de Fortaleza, seu correligionário Roberto Cláudio, tentar chegar ao Palácio da Abolição.


Desde a semana passada, O Antagonista tem destrinchado os cenários para eleições majoritárias no ano que vem. Veja aqui a situação em cada estado.

Nenhum comentário: