domingo, 15 de novembro de 2009

MURO DE BERLIM = 1961/1989

Reconheço que hoje este blog está mais político do que econômico, apesar da mistura economia e política estar no cerne da nossa existência. Com atraso, devido a uma curta viagem que fiz semana passada, deixei de comentar sobre os 20 anos da derrubada do Muro de Berlim, mais exatamente em 9 de novembro de 1989. Porém hoje registro este impactante momento histórico, sem esquecer do célebre discurso no Portão de Brandemburgo em comemoração ao 750º aniversário de Berlim em 12 de junho de 1987, quando Ronald Reagan desafiou Mikhail Gorbachev, então Secretário Geral do Partido Comunista da União Soviética, para derrubar o muro como um símbolo de crescente liberdade no Bloco de Leste: Damos as boas-vindas à mudança e à abertura, pois acreditamos que a liberdade e segurança caminham juntos, que o progresso da liberdade humana só pode reforçar a causa da paz no mundo. Há um sinal de que os soviéticos podem fazer que seria inconfundível, que faria avançar dramaticamente a causa da liberdade e da paz. Secretário Geral Gorbachev, se você procura a paz, se você procura prosperidade para a União Soviética e a Europa Oriental, se você procurar a liberalização, venha aqui para este portão. Sr. Gorbachev, abra o portão. Sr. Gorbachev, derrube esse muro.

Ao final, mais uma vez, caiu o comunismo e venceu o capitalismo.

Um comentário:

Daniel Simões Coelho disse...

A pergunta que fica: Será que existiu comunismo?

Eu não acredito ...