terça-feira, 27 de julho de 2010

PAUL KRUGMAN E AS ELEIÇÕES!

Meu colega de Princeton, Larry Bartels, resume dessa forma: “Condições econômicas objetivas – não propagandas espertas de televisão, desempenho em debates ou outras campanhas efêmeras cotidianas – são a influência mais importante sobre as perspectivas de reeleição do atual presidente”. Se a economia melhorar fortemente nos meses que antecederem a eleição, os detentores do poder se sairão bem; se estiver estagnada ou em retrocesso, eles não se sairão bem.

NÃO, o texto acima NÃO é de minha autoria, mas assino embaixo.

É do colega PAUL KRUGMAN, Professor de Princeton, colunista do New York Times desde 1999 e vencedor do prêmio Nobel de economia em 2008.

Espero que o alerta possa ser útil para a atual campanha eleitoral brasileira.

Nenhum comentário: