sábado, 21 de agosto de 2010

ELEIÇÕES 2010!

Da sempre lúcida Míriam Leitão: "A Inglaterra acabou de passar por uma eleição cheia de paixões em que o governo trabalhista perdeu por pouco, mas não se viu lá nada do que aqui está sendo apresentado aos brasileiros com naturalidade, como parte da disputa política. Crime é crime. Luta política é um embate de propostas, estilos e visões. O perigoso é essa mistura. Como a História já cansou de demonstrar, democracia não significa apenas eleições periódicas. A manipulação da vontade do eleitor, o uso de meios ilícitos, o abuso do governante ameaçam a liberdade, tanto quanto um ato institucional."

E você e-leitor, o que acha?

2 comentários:

Mário disse...

Perfeito.

A política, que já anda a emitir seus estertores, morre de vez no Brasil.

O tiro de misericórdia foi dado por Lula e pelo PT.

Mas a responsabilidade cabe mesmo é ao povo brasileiro, avesso ao embate de idéias e ávido por sinecuras, vida mansa e sempre disposto a comprar qualquer ilusão que esteja à venda no mercado da política populista.

Lamentável esse atestado de mediocridade (o termo não está a altura do quadro sofrível em que estamos em matéria de inteligência, lucidez e também no que diz respeito ao caráter) que estamos "rubricando", no sentido mais dilmista do termo.

Pão e circo, para o pobre para o rico. E nisso que votamos, é isso que queremos. Até quando dura a festa? Até quando se sustenta esse oba-oba?

Diego de Paula disse...

Olá, João Melo

Você usou uma palavra mais que adequada para falar da Miriam, pois ela foi realmente lúcida nesta colocação.

E sabemos, a democracia é muito mais que eleições periódicas; também sabemos que a demagogia é a “faca na garganta” da democracia.


Forte abraço

##