segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Aécio e Dilma: a economia decidirá o resultado.


Sou ibiapinense, cearense, nordestino, brasileiro e há vários anos acompanho as disputas eleitorais. Trabalho desde muito cedo e conheço razoavelmente desde as grandes metrópoles até os diversos grotões deste grande Brasil. Na atual disputa eleitoral, agora em sua fase final, tenho acompanhando a devida posição política de cada um dos que me seguem nas redes sociais e, com a devida atenção, observado como cada um defende o seu voto, alguns de forma bastante sectária. Isso, porém faz parte da democracia, que como disse Sir Winston Leonard Spencer-Churchill "a democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas."
Isso posto, respeito à individualidade das opiniões e peço apenas que reflitam bem antes do próximo dia 26 sobre o seu próprio voto. Procurem pensar no Brasil que desejamos e que, lamentavelmente, na atual conjuntura, não temos uma liderança inconteste para realizar a transformação que coloque todo o Brasil como um país de primeiro mundo mesmo. De qualquer maneira as candidaturas de Aécio Neves e Dilma Rousseff estão neste momento concorrendo pela Presidência da República e pleiteando o seu, o meu, o nosso voto.
Apesar de ser contrário ao voto obrigatório, espero que todos que estarão presentes ao ato de votar, realmente pensem no que for o melhor para o Brasil. Infelizmente dia 26 estarei em Limeira – SP e não poderei realizar a minha própria escolha. No entanto, tenho a certeza que vocês optarão pelo o que temos hoje de melhor para o BRASIL

Nenhum comentário: