domingo, 6 de julho de 2008

REVISTA VEJA - EDIÇÃO DE 09/07/2008

Nesta semana quem está na VEJA, mas precisamente página 54, é o meu ex-Professor Carlos Pio, da UnB, como sempre, escrevendo muito bem. Para quem ainda não está com a VEJA, vide abaixo seu comentário sobre a nota do governo brasileiro sobre o resgate de Ingrid Betancourt: "O Brasil teve uma posição covarde, fugindo ao reconhecimento das Farc como grupo terrorista. E covarde também ao não reconhecer a eficácia da estratégia corajosa do presidente Álvaro Uribe." Eu realmente não entendo como existem pessoas que defendem os atuais procedimentos da Farc. Gostaria apenas de saber quais os benefícios que as Farc trazem ao processo democrático colombiano e porque mantém pessoas em cativeiro?

Nenhum comentário: