quarta-feira, 6 de abril de 2016

O grave momento que a política deve conhecer a economia real.


Indiferente dos meus dois ou três leitores neste blog serem da oposição ou do governo, o Brasil não pode permanecer neste estado de agonia. Lamentavelmente, a cada dia as notícias enfraquecem o país nas áreas política, econômica e moral. Resumir-se à atual vida brasileira a um eterno debate entre mocinhos e bandidos, está solapando as bases ainda não tão firmes de um país que carece ser sério na política e na economia. Seria pedir demais aos homens e mulheres deste país a fazerem uso da racionalidade?  

A propósito, hoje em sua coluna no O GLOBO com o sugestivo título "A ruína econômica", Míriam Leitão busca esclarecer o atual momento e, por isso, recomendo a leitura no http://blogs.oglobo.globo.com/miriam-leitao/post/ruina-economica.html. Dessa coluna, reproduzi acima um quadro com diversos números, onde acredito que possa facilitar o entendimento do destino de mais de 205 milhões de brasileiros. Lembrando que a piora desses indicadores econômicos somente agrava as condições que a sociedade já conhece na saúde, na infraestrutura, no desemprego, na educação, na desigualdade social, na violência etc. 

Nenhum comentário: