Pular para o conteúdo principal

Livraria Saraiva: os mais vendidos em 2016.

Edições de obras nacionais mais vendidas na SARAIVA em 2016:

1. Como eu era antes de você [Editora Intrínseca] - Jojo Moyes

2. Depois de você [Editora Intrínseca] - Jojo Moyes

3. Ruah - Quebrando os paradigmas de que gordura é saúde e magreza é doença[Editora Globo] - Padre Marcelo Rossi

4. Harry Potter e a criança amaldiçoada - parte I e II [Editora Rocco] - J. K. Rowling

5. Diário de Larissa Manoela [Harpercollins Brasil] - Larissa Manoela

6. Authenticgames - Vivendo uma ida autêntica [Editora Alto Astral] - Authenticgames

7. Ansiedade - Como enfrentar o mal do século - A síndrome do pensamento acelerado [Editora Saraiva] - Augusto Cury

8. O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares - capa do filme [LeYa Brasil] - Ramsom Riggs

9. Segredos da Bel para meninas [Editora Gente] - Bel

10. O Pequeno Príncipe - Pocket - 51ª Ed. 2015 [Ediouro] - Antoine de Saint-Exupéry

Títulos digitais mais vendidos no ano na rede:

1. Como eu era antes de você [Editora Intrínseca] - Jojo Moyes

2. Depois de você [Editora Intrínseca] - Jojo Moyes

3. A última carta de amor [Editora Intrínseca] - Jojo Moyes

4. Uma noite perfeita [Editora Novo Conceito] - Bella Andre

5. Todo seu [Companhia das Letras] - Sylvia Day

6. O poder do hábito[Companhia das Letras] - Charles Duhigg

7. 50 coisas que você pode fazer para controlar a ansiedade - coleção Bem-estar [Larousse do Brasil] - Wendy Green

8. Por que gritamos golpe? [Autêntica Editora] - Ciro Gomes

9. Romance com o Duque [Autêntica Editora] - Tessa Dare

10. A Garota no Trem [Editora Record] - Paula Hawkins


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gustavo Franco: "Precisamos falar sobre herança."

Neste domingo de outono brasileiro, Gustavo Franco é mais uma vez preciso e didático ao evidenciar a situação atual da economia brasileira. 
Segundo ele, "E não por acidente as quedas no PIB do biênio 2015 e 2016, que se espera que atinjam 3,8% e 3,8%, ultrapassam o que se observou nos anos da Grande Depressão, 1930-31, quando as quedas foram de 2,1% e 3,3%. É fundamental que se tenha clara a exata natureza e extensão da herança, para que as dores inerentes ao árduo trabalho de reconstrução financeira e fiscal do crédito público sejam associadas a quem produziu a doença, e não ao médico."
Um texto para ler e reler.
No ESTADÃO: http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,precisamos-falar-sobre-heranca,10000053939

Revista EXAME: Como roubar uma empresa.

Brasil: PIB 2007 - 2017 com previsões otimistas? Melhor não...

Para iniciar esta semana, neste domingo de sol no nosso outono brasileiro e considerando que o primeiro trimestre de 2016 já é passado, vide acima os resultados do PIB brasileiro para o período de 2007 - 2017, evidentemente com as previsões para os anos de 2016 e 2017. 

Diante desses números e da complexa situação econômica e política brasileira, consideramos muito otimismo um resultado de 1,5% do PIB para 2017.
Porém, como sonhar ainda não está sendo tributado...