quarta-feira, 12 de novembro de 2008

NÓS E ELES - YES, SOMOS DIFERENTES

ONTEM postei abaixo que sou favorável a atual política econômica e desfavorável a intervenção do governo em determinados segmentos. Além da questão dos gastos públicos que não param de crescer.

Porém, HOJE lendo o Krugman no artigo "Franklin Delano Obama?" escrever que, no caso americano, claro, o Obama deve é descobrir de quanta ajuda a economia precisa e então acrescentar 50%, fiquei aqui na minha selva preocupado. Eu, no meu simplista pensamento, e o poderoso PK com essa do governo gastar.

Tudo ficou muito claro quando HOJE, li na FOLHA o artigo "Emplasto Brás Cubas" do Professor Alexandre Schwartsman (http://maovisivel.blogspot.com/). Alí entendi tudo: Brasil é Brasil - USA is USA. Logo, continuo na minha linha de raciocínio, defendendo a meta de inflação e uma política econômica comprometida com a estabilidade.

Mais uma vez, aula grátis de um grande e atual economista brasileiro para este aluno perdido na floresta.

Nenhum comentário: