domingo, 2 de fevereiro de 2014

Um estadista brasileiro nas ruas de New York.


Nas páginas amarelas de VEJA nesta semana, a inteligência do cientista político Luiz Felipe d’Avila na matéria “Procura-se um estadista”.

O entrevistado afirma que o Brasil precisa de um líder capaz de fazer as reformas institucionais sem as quais estamos condenados à mediocridade.

Para ele, os NOVE maiores estadistas brasileiros foram:
  • José Bonifácio de Andrada e Silva;
  • Joaquim Nabuco;
  • Dom Pedro II;
  • Prudente de Morais;
  • Campos Salles;
  • Rodrigues Alves;
  • Oswaldo Aranha;
  • Ulysses Guimarães;
  • Fernando Henrique Cardoso.

Como qualquer “lista”, evidentemente a do Luiz Felipe não representa a unanimidade (e nem deveria representar), mas é lamentável saber que a maioria dos brasileiros não conhece a maioria dos nove nomes acima.


São importantes nomes da nossa história, por nós pouco lembrados, mas que, por vezes, são reverenciados mesmo em outros países. É o caso de José Bonifácio de Andrada e Silva, que com uma bela estátua localizada no Bryant Park demonstra ao mundo a sua importância na história do Brasil.  

E continuamos aqui, neste ano de eleições presidenciais, ainda na busca de um(a) estadista.            

Nenhum comentário: