quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Bayer e Monsanto criarão líder global na agricultura: US$ 66 bilhões!

A operação é a realização de uma visão compartilhada de ofertas agrícolas integradas que levam aos produtores soluções melhoradas, além de criar um motor em inovação para a próxima geração da agricultura; US$ 128 por ação em uma operação à vista, o que representa um prêmio de 44% para os acionistas da Monsanto e um valor agregado de US$ 66 bilhões;Criação de valor significativo, com sinergias anuais esperadas em cerca de US$ 1,5 bilhão após o terceiro ano, além de sinergias adicionais derivadas de soluções integradas em anos futuros; Os acionistas da Bayer devem se beneficiar de um acréscimo ao LPA básico no primeiro ano completo após o fechamento e de um acréscimo de dois dígitos percentuais no terceiro ano completo; Compromisso em manter forte presença nos EUA com a sede combinada global e norte-americana para o negócio de Sementes & Traits em St. Louis.

Leverkusen / St. Louis, 14 de setembro de 2016 - A Bayer e a Monsanto anunciaram hoje que assinaram um contrato de fusão definitiva sob o qual a Bayer vai adquirir a Monsanto por US$ 128 por ação em uma operação à vista. O Conselho de Administração da Monsanto, o Conselho de Administração da Bayer e o Conselho Fiscal da Bayer aprovaram o contrato por unanimidade. Com base no preço de fechamento das ações da Monsanto em 9 de maio de 2016, dia anterior à primeira proposta feita por escrito pela Bayer à Monsanto, a oferta representa um prêmio de 44% sobre tal preço.

"Temos o prazer de anunciar a combinação de nossas duas grandes organizações. Isso representa um grande passo para nosso negócio Crop Science e reforça a posição de liderança global da Bayer como empresa de Ciências da Vida, impulsionada pela inovação e que ocupa posições de liderança em seus principais segmentos, entregando valor substancial aos acionistas, clientes, funcionários e à sociedade em geral", disse Werner Baumann, CEO da Bayer AG.

"O anúncio de hoje é prova de tudo que conseguimos realizar e do valor que criamos para os nossos stakeholders na Monsanto. Acreditamos que a fusão com a Bayer traz muito valor aos nossos acionistas, principalmente por conta da contraprestação à vista", disse Hugh Grant, presidente e CEO da Monsanto.

Nenhum comentário: