sábado, 26 de junho de 2010

O FUTURO DO REAL.

Um colega tem uma boa reserva em reais e como gostaria de transformar esse valor em dólares pergunta qual o momento certo. Sua preocupação é que a política econômica de JOSÉ SERRA seja diferente da atual, principalmente com relação à queda da taxa de juros.
Respondo-lhe que o momento é agora. Estamos num ano eleitoral, sendo comum a existência de notícias que causam verdadeiro ataque “terrorista” ao mercado. Acredito que se ele conseguir comprar entre R$ 1,75 e R$ 1,85 por US$ 1.00 estará fazendo um bom negócio.
Mesmo com a última pesquisa da FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos prevendo que o dólar fechará dezembro/10 valendo R$ 1,81 e para dezembro/11 valendo R$ 1,88, não sabemos até que momento a entrada de dólares no país continue valorizando o real, considerando a atração da taxa de juros brasileira pelos investidores estrangeiros. A economia mundial ainda não está recuperada e de um momento para outro capitais aqui mantidos, poderão retornar aos seus países de origem, desvalorizando a nossa moeda.

Nenhum comentário: