quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

THE ECONOMIST - A SEMANA.

Apesar da recuperação que os últimos números revelam, o mundo ainda continua em crise. Logo, todo cuidado é pouco para não cairmos no abismo. Portanto, os nossos BRIC - Brasil, Rússia, Índia e China não devem esquecer do que vem acontecendo com os PIGS - Portugal, Irlanda, Grécia e Espanha.
No Brasil, em tempo de eleição, muita atenção com o famigerado déficit fiscal. Mantemos nossa previsão que o PIB brasileiro em 2009 seja, no máximo, uns 0,2%, enquanto percebemos para 2010 algo em torno de 5%.
A crise econômica, principalmente de confiança, foi muito forte, mas o capitalismo é ainda mais forte em demonstrar a sua pujança. Mesmo que demore um pouco mais...

Nenhum comentário: