segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Paulo Rabello de Castro: Crescer 1% em 2017 é claramente insuficiente.

Paulo Rabello de Castro, economista e presidenmte do IBGE, em excelente entrevista na Folha de S. Paulo de hoje:

risco de sairmos da recessão e ficarmos presos a uma estagnação?
Esse risco é visível a olho nu. O desafio é enorme. São dificuldades internacionais e domésticas. Portanto, minha torcida pela saída da recessão fica só no plano estatístico. Porque, se crescermos 1% em 2017, provavelmente teremos um ou dois trimestres positivos no fim do ano. Isso ensejará a saída estatística da recessão, mas não agradará, porque a resposta em termos de emprego e renda vai ser muito fraca.
Crescer 1% em 2017 é claramente insuficiente. Ficará para 2018 o hercúleo trabalho de, aí sim, demonstrar números mais parecidos com uma recuperação.

Na íntegra:


Nenhum comentário: