quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Economista Edmar Bacha é imortal.


A Academia Brasileira de Letras elegeu hoje, quinta-feira, dia 3 de novembro, o novo ocupante da Cadeira 40, na sucessão do Acadêmico e jurista Evaristo de Moraes Filho, falecido no dia 22 julho deste ano. O vencedor foi o economista e escritor Edmar Lisboa Bacha – participou da equipe econômica que concebeu e implantou o Plano Real –, que obteve 18 votos. Votaram 23 Acadêmicos presentes e 10 por cartas. Os ocupantes anteriores da cadeira 40 foram: Eduardo Prado (fundador) – que escolheu como patrono o Visconde do Rio Branco –, Afonso Arinos, Miguel Couto e Alceu Amoroso Lima.

Economista, fundador e diretor do Instituto de Estudos de Política Econômica/Casa das Garças, um centro de pesquisas e debates no Rio de Janeiro, Edmar Bacha nasceu em Lambari, Minas Gerais, de uma família de escritores, políticos e comerciantes. Casado com a antropóloga Maria Laura Viveiros de Castro Cavalcanti, tem dois filhos e duas enteadas, além de cinco netos. Concluiu a Faculdade de Ciências Econômicas na Universidade Federal de Minas Gerais e, em seguida, obteve o Ph.D. em Economia na Universidade de Yale, EUA.

É autor de inúmeros livros e artigos em revistas acadêmicas brasileiras e internacionais. Seu último livro é Belíndia 2.0: Fábulas e Ensaios sobre o País dos Contrastes (Civilização Brasileira, 2013). Atualmente, está organizando um novo livro com o título: O Fisco e a Moeda: Ensaios sobre o Tesouro Nacional e o Banco Central, que será publicado ainda este ano. Foi professor de economia em diversas universidades no Brasil e no exterior. No setor público, foi pesquisador no IPEA, presidente do IBGE e presidente do BNDES. No setor privado, foi consultor sênior do Banco Itaú BBA e presidente da Associação Nacional dos Bancos de Investimentos.

http://www.academia.org.br/noticias/abl-elege-o-economista-e-escritor-edmar-lisboa-bacha-para-cadeira-40-na-sucessao-do-jurista

Nenhum comentário: