Pular para o conteúdo principal

JOCÉLIO LEAL DIRETO DE FORTALEZA

Quando morava em Fortaleza e lia diariamente o jornal O POVO, JOCÉLIO LEAL era uma das minhas primeiras leituras. Mesmo atualmente morando no interior da selva amazônica, sempre que posso acesso a coluna do JOCÉLIO e ficamos sabendo de TUDO que acontece na ECONOMIA cearense. Com vocês, um pouco da linguagem do nosso estimado colega, na edição de hoje.

“Agora demorou, mas parece que o Brasil está começando a se tornar um País capitalista. O conceito internacional cresceu e os investimentos internacionais idem. Ao tempo em que sobe a participação de fundos estrangeiros, decola também a indústria deste setor no País. Private Equith e Venture Capital avançam e levam junto a economia brasileira ao abrir um cardápio importante para o mercado de capitais. Os Fundos de Private Equith e Venture Capital captaram de investidores institucionais (fundos de pensão, fundos soberanos de governo, instituições financeiras, seguradoras, pessoas físicas e investidores internacionais) expressivos US$ 26,6 bilhões há um ano. Do total, US$ 11 bilhões ainda disponíveis para novos investimentos. Para os anos vindouros falam em mais R$ 20 bilhões.
O cenário justifica e muito o tema da quinta edição do Encontro Regional dos Analistas e Profissionais do Mercado de Capitais. A Apimec Nordeste retoma a agenda de 10 anos atrás, no I Seminário Capital Empreendedor do Nordeste (são bienais). Junto com o encontro, promove seminário sobre Capital Empreendedor. Hoje e amanhã no BNB do Passaré (www.apimecne.com.br). A abertura é às 9 da manhã.”

Comentários

Cibele Bastos disse…
Vi um cartaz no caen sobre esse seminario! Vai ter o do Ipece sobre a economia cearense :)
E Joao! Minha mono hein, q n sai?! Meus fds agora serão enfiados nas planilhas d gastos! E qd há divergências entre o orientando e o orientador? hahaha!
Deus me Ajude!

Até mais
=***
Pedreliano disse…
João de seu fiel leitor, ficarei muito honrado se você fizer uma visita ao meu blog, grande economista!!!!!
http://fotosepapos.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

Gustavo Franco: "Precisamos falar sobre herança."

Neste domingo de outono brasileiro, Gustavo Franco é mais uma vez preciso e didático ao evidenciar a situação atual da economia brasileira. 
Segundo ele, "E não por acidente as quedas no PIB do biênio 2015 e 2016, que se espera que atinjam 3,8% e 3,8%, ultrapassam o que se observou nos anos da Grande Depressão, 1930-31, quando as quedas foram de 2,1% e 3,3%. É fundamental que se tenha clara a exata natureza e extensão da herança, para que as dores inerentes ao árduo trabalho de reconstrução financeira e fiscal do crédito público sejam associadas a quem produziu a doença, e não ao médico."
Um texto para ler e reler.
No ESTADÃO: http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,precisamos-falar-sobre-heranca,10000053939

Revista EXAME: Como roubar uma empresa.

Brasil: PIB 2007 - 2017 com previsões otimistas? Melhor não...

Para iniciar esta semana, neste domingo de sol no nosso outono brasileiro e considerando que o primeiro trimestre de 2016 já é passado, vide acima os resultados do PIB brasileiro para o período de 2007 - 2017, evidentemente com as previsões para os anos de 2016 e 2017. 

Diante desses números e da complexa situação econômica e política brasileira, consideramos muito otimismo um resultado de 1,5% do PIB para 2017.
Porém, como sonhar ainda não está sendo tributado...