sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

O "NEW DEAL" DE BARACK OBAMA

Recente reportagem do The Wall Street Journal citou os cinco setores nos quais o presidente eleito Barack Obama estará estimulando economicamente. São eles: a infra-estrutura de transporte; a eficiência energética; a reforma dos prédios escolares; a expansão da banda larga e os registros de saúde digitais. Sem querer ser pessimista, muito pelo contrário, minha avaliação inicial é que esse New Deal nos moldes do que o presidente Roosevelt fez na Grande Depressão dos anos 30 não será suficiente para reverter os atuais péssimos números da economia americana.

Penso que ele deveria reunir-se rapidamente com o Nosso Guia, em conjunto com a Mãe do PAC e aprender como se coloca em funcionamento um Plano de Aceleração do Crescimento e não se tem, ainda, o resultado desejado. Afinal, aqui a crise não entra.

Nenhum comentário: