sexta-feira, 2 de março de 2012

USP herda o tesouro de Delfim Netto.


Leio no VALOR que anos após comprar uma cobertura, em São Paulo, Antônio Delfim Netto passou a receber alertas do engenheiro responsável pelo prédio. O homem tentava convencê-lo a interromper o processo de expansão de sua coleção de livros, temendo que o peso comprometesse as fundações do edifício. "'Delfim, você está abusando', ele dizia. 'O peso vai abalar as estruturas'", conta o ex-ministro com seu típico bom humor.


A saída foi levar o acervo para destino mais seguro: um sítio em Cotia (SP), onde ele construiu uma das maiores coleções particulares do país, com 290 mil exemplares. Em breve, todo esse material vai se mudar outra vez, mas para uma nova e definitiva casa: a USP.

Nenhum comentário: